quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Os 15 utilitários de compactação mais usados no Linux

Compactação de arquivos é uma tarefa de rotina para a maioria dos administradores e usuários normais, para economizar espaço em disco e para mover dados de um local para outro local mais seguro. Do ponto histórico de utilidade o "tar" foi desenvolvido para obter backup de dados seqüencial e foi armazenado em unidades de fita magnética. Para enviar dados via internet o utilitário de compactação desempenha um papel importante, ele pode armazenar vários arquivos em conjunto e irá reduzir o tamanho total do arquivo, isso pode economizar o tempo e largura de banda de internet. o Linux vem com ferramentas muito rápidas e eficazes que podem reduzir tamanhos de arquivo de 40 a 80 por cento. Neste artigo iremos discutir top 15 utilitários em Linux disponíveis para os usuários.


1. Compressão de arquivo "tar"

A palavra "tar" tem origem do arquivo de fitas, esta é a ferramenta de compressão e descompressão mais popular para os administradores Linux. Ele é usado para arquivar em vários formatos de arquivo como gzip, bzip2 ou lzip etc.

Instale tar no Debian / Ubuntu

# apt-get install tar


Instale tar no CentOS

# yum install tar


O primeiro argumento com o comando tar deve ser qualquer um de Acdtrux.

Exemplo: 


Criar um arquivo com512MB de tamanho

# fallocate -l 512M um.img


Criar arquivo

# tar -cvfz um.tar.gz um.img

-c – to create archive, -v – verbose, -f  for archiving file, -z to compress files in gzip format.


Use o utilitário "man" para maiores detalhes.



2. Compressão de arquivos gzip

A ferramenta gzip é o mais popular e rápido utilitário de compressão de arquivos no Linux. O Gzip mantem o nome do arquivo original à extensão .gz do arquivo compactado e o tempo decorrido. Geralmente já vem embutido para todas as distribuições, mas pode ser facilmente instalado.

Para ubuntu

# apt-get install gzip


Para CentOS

# yum install gzip


Exemplos

# gzip examplefile


Detalhes sobre o arquivo compactado

 # gzip -l examplefile.gz 
 compressed uncompressed ratio uncompressed_name
 203559 209715200 99.9% examplefile

Para extrair arquivo

#gzip -d examplefile.gz


Para comprimir todos arquivos e diretórios recursivamente

# gzip -r examplefile

A opção acima não é recomendada, caso contrário poderá criar complicações durante a restauração de dados.


3.Compressão de arquivos lzma

Lzma é uma ferramenta de compressão similar a zip ou tar, mas tem uma performance mais rápida em comparação ao bzip. Já vem embutida em todas as distribuições Linux.

Para cria um arquivo, use o seguite comando

 # lzma -c --stdout examplefile> examplefile.lzma


Para extrair dados

# lzma -d --stdout examplefile.lzma >examplefile


Apesar de ser uma ferramenta poderosa, Izma não é muito popular entre os usuário Linux


4. Compressão de arquivos XZ

XZ é o sucessor do utilitário Izma, e só pode comprimir um único arquivo e não comprime múltiplos arquivos com um único comando.  Este utilitários foi lançado em 2009 e pode não ser suportado por versões do Linux anteriores ao seu lançamento, mas é compatível com todas as versões mais recentes do Linux que já adicionam a extensão xz em seus sistemas automaticamente.


Exemplo

Para comprimir um arquivo

# xz examplefile


Para extrair um arquivo

# xz -d examplefile.xz



5. Compressão de arquivo Bzip2

A performance do utilitário Bzip2 é mais rápida que o gzip e sua taxa de compressão é maior. Requer mais memória RAM durante a compressão. Para reduzir o consumo de memória coloque "-s" como opção de comando.


Example

# bzip2 examplefile


Opção -s

# bzip2 -s examplefile


Para extrair arquivo .bz2

# bzip2 -d examplefile.bz2

Ou

# bunzip2 examplefile.bz2
Use -v option to verbose

# bzip2 -v examplefile
 examplefile: 1184831.638:1, 0.000 bits/byte, 100.00% saved, 209715200 in, 177 out.



6. Compressão de arquivo pax

Pax é a ferramenta de compressão menos conhecida no Linux, sua performance é rápida e é mais que um compressor. Pode arquivar realmente e copiar arquivos remotamente.  Pax não vem instalado por padrão no Ubuntu/Mint Linux.


Instalar pacote

# apt-get install pax


Example

# pax -wf examplefile.tar examplefile


opção "w" para escrever diretório e "f" para arquivoTo compress file in bzip or gzip use -z option

# pax -wf examplefile.tar.gz examplefile


Listar conteúdo do arquivo

# pax -f examplefile.tar


Extrair conteúdo do arquivo

# pax -r <examplefile.tar



7. Peazip file compressor

Peazip é um utilitário de compressão de plataforma cruzada. É baseado no código aberto de utilitários como 7zip, p7zip, freearch, etc. suporta mais de 180 formatos de arquivos. Ótima alternativa para o WinRar.


Instalação

Baixar pacote e instalar

# wget sourceforge.net/projects/peazip/files/5.3.1/peazip_5.3.1.LINUX.Qt-2_i386.deb


Instalar pacote

 # dpkg -i peazip_5.3.1.LINUX.Qt-2_i386.deb


8. Compressor de arquivo 7zip 

7Zip é um utilitário compressor de arquivos de código aberto que foi desenvolvido originalmente para Microsoft Windows. Suporta múltiplos formatos de compressão de arquivos e é conhecido por sua alta taxa de compressão. Pode ser usado para a compressão de múltiplos arquivos com um único comando.


Instalação

# apt-get install p7zip-full p7zip-rar


Exemplo

# 7z  a examplefile.7z examplefile


Para extrair arquivo

# 7z  e examplefile.7z


9. Compressão de arquivo Shar

Shar utilitário de linha de comando que pode ser usado para comprimir arquivos de testes. Shar pode ser definido como “shell archive”. Um simples e rápido utilitário de arquivamento pode ser útil em shell scripts.


Instalação

# apt-get install sharutils


Exemplo

Comprimir arquivo

# shar examplefile > examplefile.shar


Extrair arquivo

# unshar examplefile.shar



10. Compressão de arquivo cpio

Pode ser definido como entrada e saída de cópia. Lê uma lista de nomes de arquivos linha por linha na entrada e salva arquivos na saída. É um clássico por linha de comando e já vem embutido.


Exemplo

# cd /tmp
ls | cpio -ov >/home/username/backup.cpio


Extrair arquivo

# cpio -idv <backup.cpio



11. Compressão de arquivos ar

O ancestral e antecessor do rar, ainda é usado no Debian e seus derivados. Uma ferramenta de arquivamento simples, mas um comando não muito popular.


Exemplo

Criar arquivo

 # ar cvsr examplefile.a examplefile


Extrair arquivo

# ar -xv examplefile.a



12. Arquivos ISO

Usado para obter imagem virtual de disco ou imagem .iso de drives óticos que podem ser usados posteriomente para queimar um novo disco ou alguma mídia para virtualização. Um ferramenta muito útil para Administradores Linux quando drives óticos apresentam problemas frequentes. Um bom método para ter backup do seu servidor de softwares em CD's que podem ser utilizados posteriormente.



Exemplo

# dd if=/media/dvd of=/home/username/filename.iso


13. Compressor de arquivos kgb

Kgb é uma efetiva ferramente de arquivamente pouco conhecida que é capaz de comprimir múltiplos arquivo pequeno com alta taxa de compressão.  Suporta todos os formatos mais conhecidos como zip. gzip e rar

Instalação

# apt-get install kgb


Exemplo

# kgb examplefile.kgb examplefile


Extrair pacote

kgb  x examplefile.kgb



14. Compressão de arquivos Zpac

Capaz de lidar com arquivos muito grandes, é leve e foi escrito por Matt Mahoney em 16 de junho de 2010.  Sua proposta é um alto padrão de compressão de arquivo. É baseado em cima do contexto PAQ misturado com algorítmos.


Instalação

# apt-get install zpac


Exemplo

# zpaq c examplefile.tar examplefile


15. Compressão de arquivos File Roller

File roller é um gerenciador de arquivos no GUI para Linux e pode criar arquivos modificados, mostrar o conteúdo dos arquivos. Uma boa alternativa para o 7zip ou WinRar. Suporta quase todos os formatos como .iso, .lsa, 7zip, gzip, zip, zz etc. Já vem nas distros Mint e Ubuntu.

Conclusão


O desempenho do utilitário de compressão pode variar de sistema para sistema, dependendo do tamanho do arquivo e da velocidade de processamento do sistema, é sempre recomendável obter apoios de dados graduais que devem ser salvos para algum disco rígido em separado ou outro dispositivo de armazenamento de dados. Embora uma grande quantidade de ferramentas de compressão de dados estão disponíveis, mas você deve usar apenas ferramentas padrão e testadas com o tempo.
Fonte: https://www.unixmen.com/top-15-file-compression-utilities-linux/

4 comentários:

  1. Obrigado pela matéria. Eu uso Xubuntu e meu script está assim:
    sudo apt-get install -y rar unrar p7zip-full
    Minha dúvida é se o p7zip-rar substitui o rar unrar ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse comando que você informou instala tanto o rar unrar quanto o p7zip-full. Você diz substituir o comando para instalação? Tem rar, unrar, p7zip-full, p7zip-rar. Aquele comando lá em cima instala o p7zip-full e o p7zip-rar. Você pode fazer testes. Entra neste site que disponibilizar arquivos para testes:

      http://www.simuladordeautomatos.com/downloads/arquivos-de-exemplo-rar

      Obrigado por acessar, e compartilhe.

      Excluir
    2. Se ele pode substituir o rar unrar, creio que sim. Nunca tive problemas. Faz um teste.

      Excluir
  2. É só você extrair com o comando

    7z e Arquivosdeexemplo.rar

    Não coloque 7z no final. Ele extrai sem problema algum.

    ResponderExcluir